sábado, 14 de maio de 2011

Ciclo vicioso


Segundo Durkheim a principal função da divisão trabalho não é controlar o sistema econômico e nem produzir bens que possam suprir as necessidades materiais da sociedade; pois muitas das vezes ela é quem gera tais necessidades.
segundo ele sua função vai além disso, tem um aspecto moral,esta na capacidade de manter a sociedade em equilíbrio, dando a ela um objetivo para que exista, que é criar no individuo uma dependência para com o todo.
Esta dependência é gerada pela moral que cria entre as pessoas um sentimento de solidariedade , no qual o individuo cumpre seu papel para ajudar o todo ;papel que é designado pela divisão do trabalho.
Ou seja para Durkheim a principal função da divisão do trabalho é manter a sociedade em harmonia para que esta possa ter continuidade.

video

Todo fato desempenha sua função.

O núcleo familiar é o primeiro grupo social do qual participamos e recebemos, não somente herança genética ou material, mas principalmente moral.
Fonte:http://www.mundodosfilosofos.com.br/vanderlei4.htm


Todo fato social cumpre uma função específica na sociedade.
E a função da divisão do trabalho é gerar solidariedade.
O trabalho vai além do sentido produtivo é uma questão moral.
Que é designada pelo espírito de conduta que perpassa de forma banal.

O casamento tem a função de reprodução.
Novo núcleo familiar a construção.
Que eclode para garantir a coesão.
Pois, família estruturada sabe a sua colocação.

As artes levam a sociedade a uma imoralidade coletiva.
E o individualismo rompe a coesão construtiva.
A solidariedade é como o sangue, pois, é indispensável.
A moral é como o oxigênio, pois, é indeteriorável.

Solidariedade é o elemento central da organização.
Buscamos no diferente aquilo que falta a nossa composição.
Respeitando a diferenciação social em expansão.
Podendo ser orgânica ou mecânica dependendo da visão.

Larissa Barbin Gasola 1° ano SS - Noturno