domingo, 15 de abril de 2012

Instrumento de dominação

" Conhecer a sociedade para melhor controla-la". Comte com essa frase reafirma a ideia de Francis Bacon no texto Novum Organum. Para Bacon, a ciência está ligada ao poder do homem, ou seja, quanto mais conhecimento se possui maior a influência que se pode exercer sobre uma sociedade. Esse fato é comprovado em toda a história humana. Em especial, os portugueses quando se instalaram aqui no Brasil, influenciaram os índios que não possuíam toda a estrutura que eles possuíam.Ou seja, o colonizador só conseguiu o controle sobre o colonizado, pois era dotado de conhecimento e inteligência. Às vezes nem eram fortes, mas eram proprietários de ciência suficiente para controlar os fortes.
Outra ideia muito relevante de Bacon era a importância da experiência para se chegar a um conhecimento verdadeiro. Bacon acredita que a mente não pode trabalhar sozinha, e sim em conjunto com todo conhecimento antes recebido. O bom conhecimento vem por meio da minha experiência e da boa tradução que minha razão faz dela. Algo interessante, é que aquilo que Bacon dizia à anos atrás é hoje critério de seleção dos empregadores. Hoje no mercado de trabalho uma das grandes exigências é a experiência na área, pois acreditam que os experientes vão desenvolver o trabalho de maneira mais rendária  pelo fato de já terem contato com algo parecido anteriormente. Sendo assim esses que possuíam mais experiências de alguma forma dominavam os outros, de forma que, o saber, mais uma vez, é evidenciado como arma de controle.