quarta-feira, 18 de abril de 2012


Filme: Ponto de mutação, Bern Capra 1990.


Enxergar as conexões.


O filme "Ponto de mutação'', se remete a uma discussão de uma nova visão de entender a vida, pois os tempos mudaram e assim há uma nova necessidade de compreende-lá.
Uma das discussões é sobre Descartes na qual é criticado pela sua visão mecanicista, na qual não passamos de máquinas, mas aí que René se engana, pois as pessoas não são meros instrumentos mecânicos, assim a lógica cartesiana é uma interpretação imediata, na qual não se deve enxergar como imediato e sim como uma percepção mais profunda que a racionalidade cartesiana (sensibilidade), ou seja ir alem da lógica cartesiana. Assim quando cada individuo pensa meramente não se consegue pensar no todo, então as relações dos indivíduos com o mundo é uma relação de mercado em vez de ser um todo.
A lógica Baconiana, também entra em discussão na qual a ciência domina a natureza a seu favor (''Saber é poder''), mas se chegou em um momento em que há de se pensar  e ver menos como individuo e ver como um todo e que  a natureza passe a constituir parte dela. Assim é preciso se pensar na sustentabilidade, assim também na sustentabilidade social para assim compreende-la ao bem do homem.


Bruna Alves Gazeta -   1.SS- Diurno