quarta-feira, 2 de maio de 2012

Limitações das etapas.


Encontrei um vídeo na internet, http://www.youtube.com/watch?v=QkXzZIdPJ20, onde clareou um pouco mais as minhas ideias.
No texto Curso de Filosofia Positiva, Comte tem a visão Eurocêntrica, ou seja, a Europa Industrial como modelo de desenvolvimento, pois era a sociedade que obteve melhor desenvolvimento. Todas as sociedades tinha seu ponto inicial e final de desenvolvimento. Comte apresenta que a sociedade deve ser estudada como uma única coisa, pois cada membro terá a mesma educação, e o que irá diferenciar um do outro é a função desempenhada dentro da sociedade.
Comte afirma também que só há progresso na sociedade se há ordem, isso significa que o progresso depende da ordem de executamento das etapas. O homem pode antecipar o resultado, porém, não pode muda-lo. Caso haja a mudança no resultado é porque o ser não respeitou a ordem do procedimento, exemplo: Se um dono de uma faculdade particular não pagar os impostos, logo o governo tem o direito de recolher esse bem para quitar as dividas ou propor outra saída para o proprietário da instituição de ensino. A etapa ¨esquecida¨ foi o do não pagamento de impostos, logo podendo resultar na desocupação do edifício ao invés de formar jovens.
Comte mostra também os pensamentos: teológico que é referente à realidade; o metafísico que é referente à ideia da mente, imaginação; e o positivo onde apresenta solução rápida, ele ver o que esta de errado e propõe um resultado positivo para um e negativo para outro.
Logo posso concluir que, a sociedade necessita de cada membro para manter o equilíbrio. Como esta escrito na bandeira brasileira, ¨Ordem e progresso¨, há uma ordem a ser respeita para alcançar o auge da sociedade, na eliminação de alguma fase o resultado pode outro do qual não se espera.

Fabiana Souza 1ºSSD

Positivo

Augusto Comte. Um homem frente a seu tempo revolucionou a maneira de fazer ciência e deu início à sociologia. Para tanto, utilizou-se da defesa do método como principal meio para se chegar à verdadeira ciência. Este método consiste na observação dos fenômenos, antes considerados como manifestações sobrenaturais, mas agora explicados por leis físicas e químicas. Este método procura se distanciar do conhecimento teológico e metafísico, tendo apenas como objeto o mundo físico, o mundo real.

O estágio positivo de Comte é o resultado de uma evolução do pensamento humano. Antes de o homem chegar ao estado positivo ele passa por dois estágios: o teológico, no qual os fenômenos são explicados a partir da visão de "deuses"; e do metafísico, que nada mais é do que o imaginário popular. Estas manifestações são essenciais para a construção do método positivo.



O positivismo se desenvolveu a medida que foram surgindo os problemas sociais, desenvolvendo assim a chamada  Física Social. Este método seria capaz de compreender e resolver os fenômenos sociais da época, produzindo uma interdisciplinaridade entre as ciências, aliando, desta forma, o positivismo ao progresso.

Com o desenvolvimento deste método, Comte sente a necessidade de criar uma religião diferente das demais - a Religião da Humanidade, que possui como um Ser supremo a Humanidade. Para ele, as demais religiões eram praticadas mais para a busca de respostas do que para celebrar seus "deuses". Daí a ideia da nova religião que primava o saber científico. Segundo Comte, para alcançar a verdadeira felicidade, o ser humano deveria abrir mão do egoísmo e cultivar a generosidade para viver bem com a sociedade na qual ele está inserido

Juliana Paco - Serviço Social - Noturno
Unesp - Campus Franca.