quarta-feira, 20 de junho de 2012

A CIÊNCIA E A AÇÃO


Para Max Weber a sociedade é determinada por sentidos e movida por valores, porém nenhuma ciência pode proporcionar ideais e práticas obrigatórias.
Existe uma crítica ao determinismo do materialismo histórico, afinal todos os fenômenos sociais são explicados a partir de causas econômicas, quando na verdade há outros valores que influênciam nos aspectos sociais.
Não é a ciência que vai dizer como o sujeito deve agir, Weber vem mostrar que o indivíduo tem autonomia para fazer escolhas utilizando-se do juízo de valor como ponto de partida na ação.
Há quatro tipos possíveis de ação social:
Ação racional à um objeto: define-se um objetivo e traça-se um meio para atingi-lo.
Ação racional à um valor:fidelidade as ideias, ignorando qualquer consequência.
Ação afetiva:estimuladas por paixões.
Ação tradicional:estimulada por costumes.
É necessário despir-se do determinismo para se chegar ao ser humano de carne e osso, pensar os comportamentos a partir de valores.
O ideal não é impírico , é apenas o que sobra da constatação ciêntifica do que é real e idealizado.

Josiane de Freitas 1º ano Serviço Social diurno