domingo, 2 de novembro de 2014

 Weber e  a análise de contexto



Para Weber, o Estado, a nação, as ações feitas pelo poder militar ou familiar são apenas reflexo da ação social de cada indivíduo e de como esses indivíduos são orientados. Quando Weber cita que a sociologia deve ser compreensiva, ele supõe que esta deve abranger todos os sentidos e aspectos do indivíduo na sociedade. Pois o indivíduo tem a possibilidade de escolher os valores que pretende adotar, porém essa escolha deriva do meio em que ele vive. Weber considera o contexto em que o indivíduo cresce como isso o influencia até mesmo quando ele migra deste para outro mais confortável e seguro, por exemplo, o jovem que cresce na favela, se empenha nos estudos e consegue ingressar no meio acadêmico. Este conseguiu uma elevação de status intelectual nesse ponto de sua vida, quando ele se insere no mercado de trabalho após a sua formação, esse trabalho será mais bem remunerado do que o de outras pessoas que não tiveram o mesmo êxito que ele. Neste momento o jovem também alcança o status social superior ao que tinha antes, mas ainda assim ele continua com memórias e atitudes derivadas da vivência na favela, logo o seu contexto passado deve ser considerado assim como o presente. Ou seja, para analisar a sociedade é necessário um olhar astuto para considerar todos os fatores que estão envolvidos, não é suficiente nem viável focar em receitas prontas, pois o indivíduo e a sociedade em si têm necessidades peculiares que se intersectam, mas são distintas, há muitas possibilidades tanto de evolução, quanto de retrocesso. Por isso é preciso separar os fatos reais dos fatos ideais, pois o real não pode ser descartado, trata-se do que está acontecendo e de como isso é um reflexo do passado e como pode refletir futuramente, por outro lado, o ideal é de certa forma possível, embora seja utópico o ideal faz parte do cotidiano, pois atua de forma motivacional. Portanto há a necessidade de uma investigação (pesquisa aprofundada) para determinar o que é realidade e o que permanecerá apenas no imaginário.

Graziela Donizetti dos Reis 1º SS Diurno

Nenhum comentário:

Postar um comentário