domingo, 2 de novembro de 2014

Relação weberiana com o Serviço Social


Weber denomina de ação social tudo aquilo que envolve a sociedade humana, individualismo metodológico, valido somente quando o indivíduo se comunica, interage com outras pessoas. Faz o uso de uma sociologia compreensiva, sendo o primeiro filósofo a compreender a ação do indivíduo e não a sociedade.
O caso Eloá, que marcou o Brasil em 2008 é um exemplo de uma das quatro ações fundamentais descritas por Weber, ação efetiva ou emocional, onde o namorado não aceita o fim do término do relacionamento e mantém a ex-namorada em cárcere privado até a morte, por não aceitar determinada situação. Max analisaria o individual de cada um, o que levou o sujeito a praticar tal ação passional.
O serviço social tem tamanha relação com o pensamento weberiano,pois cabe a nós em tal situação indagar o indivíduo, saber o porquê agiu de tal forma tão irracional, questionar sobre os seus valores,  nos desprender dos pré-julgamentos, de nossas crenças e dogmas, analisar cada detalhe do ser e enfim, entender e compreender qual o sentido da ação social no indivíduo.

"Fácil é julgar as pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias. Difícil é encontrar e refletir sobre seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado"
Carlos Drummon de Andrade
Giovana Bandim, 1º ano SS noturno

Nenhum comentário:

Postar um comentário