domingo, 2 de novembro de 2014

Sociologia Humanizada

Max Weber é responsável por humanizar a sociologia, isso significa que ele vê o ser humano como prioridade de uma sociedade, ou seja, o indivíduo em seu íntimo e singularidade está intimamente ligado à sociedade em sua totalidade. Segundo Weber, existem quatro tipos de ações sociais, que servem para explicar as atitudes tomadas por nós, seres humanos; tradicional: esta muda de acordo com a região que é estudada, pois é estimulada por cultura, crenças, costumes, hábitos do cotidiano, superstições, festas comemorativas...; afetiva ou emocional: é estimulada pelas paixões, como tomar uma decisão impensável, de forma impulsiva, porque esta paixão se faz mais presente nos sentimentos, e neste momento a pessoa deixa de ter razão; racional relacionada a valores: o ser se mantém fiel as suas ideias e com isso aceita qualquer consequência futura, pois o seu valor esta acima disso, é como “comprar” a briga de um amigo, para defendê-lo, o seu valor da amizade esta acima de qualquer consequência que esta briga pode trazer; racional relacionada à objetivação: o sujeito possui um objetivo racional, e quer alcançá-lo, para isso “traça” os seus caminhos e faz o que for necessário para chegar ao resultado desejado, pensa de forma mais racional do que a racionalidade citada anteriormente, como por exemplo, passar em uma Universidade Pública, requer meios específicos para ingressar nesta.
Pós citadas as quatro ações sociais, chegamos a conclusão que a sociedade exerce força e indução sob o indivíduo, a sociedade não possui autonomia sem o indivíduo, e o indivíduo não possui autonomia sem a sociedade, um depende do outro para formar a o cotidiano da nossa realidade.


Maisa Bozelli Vieira – 1º ano de S.S. - Noturno

Nenhum comentário:

Postar um comentário