domingo, 13 de maio de 2012

Seu mestre mandou...


Para ele, a sociedade é formada por organismos vivos que desempenham funções sociais .
Se as instituições não funcionam de acordo com suas funções ocorre um estado de desordem .
Pode-se fazer analogia ao trecho do vídeo do Charlie Chaplin;
No começo, a sociedade “impõe” o que se deve fazer, muitas vezes por questões morais :FATO SOCIAL , como o exemplo citado em sala de comer sem talheres .
O trecho que pode ser associada ao funcionalismo é mais ou menos no min 2:22 em que o primeiro trabalhador se atrapalha na produção, desencadeando uma falha e atrapalhando o segundo produtor que dependia desse primeiro. 

Ele critica também o positivismo, pois não acha que o “fugir da ordem” analisará as causas de um problema, apensa o conceito final.
As ações feitas por nós são externas as nossas vontades, existem implicações internas que condicionam fenômenos que é o que chamamos de consciência coletiva.
Apesar do suicídio aparentar ser vontade individual, ele exemplifica a frase anterior.
O acontecimento em Realengo também deve-se ser analisado através de perspectivas individuais, bem como sociais
Outro exemplo, é o amigo belga do Agnaldo que não estava acostumado com as calças justas e isso ameaçava o casamento dele, pode ser chamado assim de causa eficiente ( causa inicial), pois o final seria o divorcio. Deve-se, analisar portanto o todo.
A natureza individual do individuo é diferente da natureza social.
Se uma mulher casada, quiser ficar com vários homens ela pode, segundo a natureza individual, mas ela abre precedente para que outras mulheres façam o mesmo com o marido dela e com os filhos.
Durkheim define também densidade dinâmica e material para o bom funcionamento da sociedade. A primeira são as relações sociais que temos e estamos envolvidas e  a segunda é a quantidade de pessoas de um lugar associada a possibilidade de intercomunicação.
Conclue-se que como um relógio, o funcionalismo de Durkheim afirma que para que a sociedade funcione adequadamente ,tudo deve desempenhar suas respectivas funções, como o Estado, a igreja, a família e a escola  para que não ocorram anomias e patologias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário